Carro na revisional dificulta novos financiamentos?

Carro na Revisional

Carro na revisional significa que o consumidor cansou de pagar juros abusivos no seu contrato de financiamento.

Decerto que as vantagens em fazer a revisão de juros são tentadoras, além é claro, de colocar um ponto final no excesso de lucro por parte dos credores.

Entretanto uma dúvida comum de pessoas que têm carro na revisional é sobre a dificuldade de obter crédito novamente em empréstimos, financiamentos e até mesmo limites no cartão de crédito em transações futuras.

Isso ocorre principalmente pelas ameaças que o consumidor sofre quando opta em lutar por seus direitos.

Escritórios de cobrança, que representam as instituições financeiras, adoram ameaçar o consumidor com ingresso de processo de busca e apreensão do veículo, restrição do nome do financiado e claro, restrição de crédito em novos financiamentos.

Contudo, na prática a teoria é outra.

A maioria dessas ameaças são infundadas e caracterizam cobrança vexatória ou abusiva, proibidas pelo Código de Defesa do Consumidor.

Mas afinal, colocar o carro na revisional dificulta ou não a obtenção de crédito pelo consumidor?

Para responder a essa pergunta, antes de mais nada temos que explicar a origem desse mito e por que sua prática é ilegal.

Entendendo a ação revisional

Comumente, o consumidor que coloca o carro na revisional desconfia que esta pagando excesso de juros quando vê o seu bem perder valor de maneira abrupta, sendo que as parcelas do financiamento se tornam incompatíveis com o bem adquirido.

Isso significa perda de dinheiro, sensação clara de estar sendo lesado na relação de consumo.

Muitas pessoas ao adquirirem o bem em longas parcelas, justamente pela empolgação com a aquisição, acabam não percebendo que vão devolver ao banco um valor muito maior do que aquele que fora tomado como empréstimo.

Ao passar dos meses, o choque de realidade acontece, e a percepção do abuso cai como uma bomba diretamente no bolso do financiado.

Com o carro perdendo valor e as prestações, que mesmo a valor fixo tornam-se cada vez mais pesadas no orçamento por conta da instabilidade financeira do país aliada à inflação, a inadimplência é quase certa.

E mesmo que, com esforço, o pagamento seja realizado rigorosamente em dia, a sensação de abuso confrange a auto-estima de quem se torna lúcido ao abuso sofrido.

Dessa forma para acabar com a farra do lucro fácil, colocar o carro na revisional torna-se a solução para reequilibrar a balança.

Por que colocar o carro na revisional?

  1.  Revisão do contrato de financiamento com ajuste de juros ou método de amortização;
  2.  Identificação de taxas, tarifas e cláusulas contratuais abusivas com possibilidade de devolução de valores pelo credor;
  3.  Redução drástica da dívida de maneira geral;
  4.  Possibilidade de bloqueio de possível processo de busca e apreensão de veículo;
  5.  Possibilidade de retirada ou não inscrição do nome do devedor nos órgãos de proteção ao crédito;
  6. Representação contra cobranças vexatórias ou abusivas;
  7. Fazer justiça perante abusos cometidos pela instituição financeira.

O Banco vai negar crédito se eu colocar o carro na revisional?

Negativa Crédito carro na revisionalVamos direto a legislação:

Artigo 43 do Código de Defesa do Consumidor: O consumidor, sem prejuízo do disposto no art. 86, terá acesso às informações existentes em cadastros, fichas, registros e dados pessoais e de consumo arquivados sobre ele, bem como sobre as suas respectivas fontes.

§5º Consumada a prescrição relativa à cobrança de débitos do consumidor, não serão fornecidas, pelos respectivos Sistemas de Proteção ao Crédito, quaisquer informações que possam impedir ou dificultar novo acesso ao crédito junto aos fornecedores.

Em suma, o Código de Defesa do Consumidor prevê que abusos contratuais podem e devem ser revistos judicialmente, bem como dívidas prescritas ou que tenham sido quitadas, não podem ser utilizadas para impedir ou dificultar novo acesso a crédito.

Dessa forma, negar crédito para o consumidor apenas porque este colocou o carro na revisional é infração legal e não pode ocorrer.

O que acontece na prática?

Comumente, se o consumidor esta em débito com algum credor, terá dificuldade em obter novos empréstimos ou financiamentos com esse credor específico.

Contudo, ao fazer a quitação da dívida seja por meio de uma revisional ou não, não haverá mais motivo para instituição negar-lhe crédito.

De fato que cabe ao credor analisar a concessão do crédito, e mediante garantias apresentadas pelo tomador do empréstimo, liberar ou não os valores solicitados.

Dessa maneira, na prática, as pessoas que colocaram o carro na revisional e quitam sua dívida, ao comprovarem que possuem condições de pagar pelo novo crédito solicitado, terão o dinheiro liberado.

Caso não seja possível comprovar ao credor a capacidade de pagamento, pode haver recusa na liberação do financiamento, independente de ter havido revisão contratual ou não.

Essa é a regra prática do mercado.

Enfim, banco vive de lucro, cobra juros abusivos e obtém extrema vantagem financeira com a concessão de empréstimos.

Sim, banco vive disso.

Dessa forma, jamais será interessante a eles recusarem crédito, pois é isso que faz com que batam recordes e mais recordes de lucro todos os anos.

Quais critérios os credores utilizam para liberar valores de empréstimos e financiamentos?

Liberação de crédito carro com revisão

Certamente você já ouviu falar em score do CPF, que trata-se de uma maneira de dar nota ao risco de inadimplência a determinado consumidor.

Órgãos de proteção ao crédito como SPC e SERASA possuem uma sistemática de dar pontuação a um determinado CPF ou CNPJ, mediante avaliação de pagamentos e débitos, a fim de rotular a probabilidade de haver inadimplência ou não.

Quem possui um carro na revisional é porque não concorda com os valores que estão sendo cobrados em seu empréstimo ou financiamento.

Assim, é absolutamente comum e normal que as prestações deixem de ser pagas enquanto houver a discussão do contrato para revisão.

Com isso, é comum que a instituição financeira proteste a dívida ou insira a negativação de pagamento nesses órgão.

Isso implica em perda dessa pontuação ao consumidor.

Dessa maneira, enquanto não houver um acordo para quitação do débito, a pontuação será baixa e a dificuldade em obter crédito será maior.

Após a quitação da dívida, conforme o consumidor se restabeleça e volte a ter sua vida financeira comum, a pontuação irá aumentar e a concessão de crédito ocorrerá normalmente.

De fato que, pessoas que tem carro na revisional podem sofrer essa perda na pontuação.

Entretanto esse não é o único fator levado em consideração pelos credores na hora de conceder empréstimos.

Elencamos abaixo demais fatores que são levados em conta pelos bancos e financeiras na hora de conceder empréstimos:

  1. Comprovação de renda / capacidade de adimplir com a dívida contraída;
  2. Manter o pagamento em dia de outras dívidas que não sejam provenientes do carro na revisional;
  3. Atualizar constantemente dados cadastrais;
  4. Quitar as dívidas antigas mesmo que prescritas;
  5. Manter bom relacionamento com mais de um credor.

Cobrança vexatória contra carro na revisional

Essa é uma estratégia bastante utilizada por credores contra pessoas que colocam o carro na revisional.

Ligações insistentes, artifícios mentirosos, constrangimento e coação são características comuns dessa prática.

Contudo o Código de Defesa do Consumidor prevê como criminosa esse tipo de atitude.

Decerto que é direito do credor cobrar a dívida que esta em atraso.

Entretanto essa cobrança tem limite.

De acordo com a Reis Revisional, especialista em cobranças abusivas e líder em revisão de contratos no Brasil, exercer a cobrança vexatória apenas expõe os abusos cometidos de maneira discricionária pelos credores que visam o lucro inescrupulosamente.

Desse modo, aquele que desconfia que possa estar sendo lesado por esse tipo de cobrança ou mesmo aqueles que estão cansados de serem massacrados pelos altos juros cobrados, devem buscar seus direitos.

Fazer o Cálculo Prévio é o primeiro passo para colocar um abasta nessa situação e se livrar de uma vez por todas dos juros abusivos.

Como colocar o carro na revisional

Como colocar o carro na revisionalSe você chegou até aqui certamente é porque se identificou com o assunto do texto e esta se vendo em situação desfavorável perante o credor.

Não se preocupe, você não esta sozinho.

Milhares de contratos são assinados todos os dias, não apenas de financiamento de veículos, mas dívidas de cartão de crédito, empréstimos pessoais, cheque especial ou dívidas empresariais, todos com algum tipo de abuso ou vantagem excessiva em favor do credor.

Dessa forma, é imprescindível fazer a revisão de juros abusivos, ou seja, colocar o carro ou a dívida na revisional.

Mas primeiro é fundamental pesquisar o histórico da empresa que será contratada.

Como em todo ramo e toda atividade, existem os bons e os maus profissionais.

E com revisão de juros não é diferente.

Muitas empresas novas surgem todos os dias, cobrando valores baixos para fazer a revisão sob pretexto de conseguirem operar milagres na redução de dívida bancária.

Desconfie.

Reduzir os valores cobrados de maneira exagerada com juros é completamente possível, mas não é tão simples.

Ter conhecimento, experiência no assunto, preparo e bons profissionais é fundamental.

E não apenas isso, é preciso estar preocupado com o cliente, que afinal, esta em uma situação crítica e passando por um sufoco financeiro.

Dessa forma, falar com quem entende do assunto, quem dará suporte e atendimento exclusivo durante toda a revisão da dívida e não apenas no momento de fechar o contrato, é fundamental.

Assim, a Reis Revisional, empresa com mais de 7 anos de experiência e que já reduziu a dívida de milhares de pessoas é a mais indicada quando o assunto é revisão de juros.

Fale com a Reis Revisional e tenha certeza de estar contratando o melhor profissional da área, sem sustos e sem surpresas desagradáveis, com a garantia de resultado que trará economia financeira e um ponto final definitivo nos abusos bancários.

Gostou do artigo?

Compartilhe, comente, deixe suas sugestões.

Ajude outras pessoas a também colocarem um ponto final nos juros abusivos e na tirania bancária.

Willian dos Reis
Willian dos Reis
Co-fundador da empresa Reis Revisional, consultoria especializada na luta contra a cobrança de juros abusivos no Brasil, gerando economia financeira e proporcionando o equilíbrio nas relações de consumo entre seus clientes e Bancos e Financeiras. Condecorada pela LATIN AMERICAN QUALITY INSTITUTE na categoria de Consultoria Financeira, foi premiada por sua preocupação na gestão da qualidade com certificação emitida pela LAQI, reconhecida pela ONU.

Qual sua opinião? Deixe um Comentário

avatar
 
smilegrinwinkmrgreenneutraltwistedarrowshockunamusedcooleviloopsrazzrollcryeeklolmadsadexclamationquestionideahmmbegwhewchucklesillyenvyshutmouth
  Inscreva-se  
Notificação de