3 parcelas em atraso no financiamento

Parcelas atrasadas no financiamento do veículo

Estar com 3 parcelas em atraso no financiamento do veículo pode virar um grande tormento ao consumidor.

Aumento dos gastos, inflação, juros altos, desemprego e despesas inesperadas muitas vezes fazem com que o proprietário do bem atrase o pagamento da parcela do financiamento.

Afinal de contas, existem despesas que são prioridade, e o veículo nem sempre é o primeiro da lista na hora de pagar as contas.

Mas você conhece os riscos de estar com 3 parcelas em atraso no financiamento do veículo?

Nesse artigo explicaremos os pontos negativos de estar com pagamento das parcelas em atraso.

E claro, a melhor saída para você não perder o seu carro conquistado com tanta luta para o banco.

Quais os riscos de estar com 3 parcelas em atraso no financiamento do veículo?

Carro com parcelas atrasadas

Parcelas do financiamento em atraso

As parcelas atrasadas do carro podem trazer grandes prejuízos ao consumidor.

Isso porque a Lei da Alienação Fiduciária garante ao credor a retomada do bem no caso de atraso no pagamento das parcelas.

Dessa maneira, o banco poderá requisitar ao devedor a devolução do carro para que este seja enviado à leilão.

O que pouca gente sabe é que não precisam ser exatamente 3 parcelas em atraso no financiamento do veículo.

Essa lei dá ao credor o direito de requisitar a devolução do carro no momento que ele quiser quando há o atraso no pagamento

Isso significa que, ao atrasar apenas uma parcela, o banco pode requerer a devolução do bem.

Vejamos o que diz o artigo 3º do Decreto Lei 911/69:

Art. 3o O proprietário fiduciário ou credor poderá, desde que comprovada a mora, na forma estabelecida pelo § 2o do art. 2o, ou o inadimplemento, requerer contra o devedor ou terceiro a busca e apreensão do bem alienado fiduciariamente, a qual será concedida liminarmente, podendo ser apreciada em plantão judiciário. (Redação dada pela Lei nº 13.043, de 2014)

Em suma, provando que o devedor esta em mora, ou seja, em atraso com o pagamento, o banco pode ingressar com a ação de busca e apreensão do veículo.

O  banco não pode simplesmente pegar o carro de volta sem dar satisfação a ninguém.

É necessário um processo judicial com a devida autorização do juiz para que o carro com atraso nas parcelas do financiamento seja retomado ao credor.

Como funciona o processo de busca e apreensão do carro?

3 parcelas em atraso BV financeira

3 parcelas em atraso no financiamento do veículo

Em primeiro lugar temos que dizer que, apesar de ter o direito de entrar com a ação de busca e apreensão quando há o atraso de uma única parcela, o banco normalmente não faz isso.

O mais comum é que ele aguarde ao menos 3 parcelas em atraso no financiamento do veículo para tomar essa atitude.

Isso porque o processo de busca demanda investimento com custas processuais e honorários advocatícios.

Então o banco prefere exercer a cobrança da dívida antes de simplesmente processar o consumidor para pegar o veículo de volta.

Existem casos onde o banco aguarda o vencimento de 3, 4, 5 ou mais parcelas antes de ingressar com a ação.

Conforme determina a Lei, no processo de busca e apreensão de veículo, o banco deve comprovar que o consumidor esta com atraso nas parcelas.

Entretanto dizer que 3 parcelas em atraso no financiamento do veículo gera apreensão automática do carro é um mito.

Esse é um argumento muito utilizado pelos escritórios de cobrança para assustar os devedores e com isso receberem os valores em atraso.

Insta frisar que, muitas vezes, os bancos oferecem a atualização do débito fazendo a cobrança de juros abusivos.

Com isso, ao invés de pagar o valor justo devido, o devedor acaba sendo explorado pela cobrança de mais juros além do que já paga habitualmente com o contrato de alienação.

Essa prática pode e deve ser combatida através da revisão contratual.

Como o veículo com 3 parcelas em atraso no financiamento pode ser apreendido?

Busca e Apreensão de Veículo

3 parcelas atrasadas no financiamento

Após o banco ingressar com o processo de busca e apreensão, deverá ser expedido o mando de busca.

Isso significa que apenas um representante da justiça, ou seja, o oficial de justiça, poderá apreender o carro.

Dessa maneira, este deverá se dirigir ao local onde se encontra o veículo para que a apreensão do carro com 3 parcelas em atraso no financiamento possa ser efetuada.

Quando o veículo não é localizado, cumpre ao banco informar novos locais de apreensão.

Desse modo, haverá a possibilidade do credor solicitar bloqueio no documento do bem a fim de evitar que o devedor continue utilizando o carro normalmente.

Apesar do direito de solicitar esse bloqueio existir, na prática, em poucos casos ele é efetivado.

Isso porque em primeiro lugar, deve haver autorização judicial para bloqueio do documento.

Em segundo, porque a morosidade judicial ainda vigora em nosso país, e poucos casos são concretizados com sucesso.

Porém em caso de localização do bem , sua apreensão ocorrerá.

Dito isto, o devedor terá o prazo de 5 dias para efetuar o pagamento integral da dívida, a fim de poder retomar o carro para sua utilização.

Decorrido este prazo, o bem alienado deverá ser direcionado a um leilão, onde sua venda ocorrerá para que o débito seja regularizado.

Há também o prazo de 15 dias para argumentar sobre uma eventual irregularidade na apreensão.

Em alguns casos, o valor da venda poderá ser insuficiente para quitação total da dívida.

Entretanto quando o valor obtido exceder o débito, o saldo excedente deverá ser restituído ao devedor.

Como evitar a apreensão de veículo com 3 parcelas em atraso no financiamento

De fato que a cobrança de juros abusivos é um dos maiores vilões do bolso do consumidor.

Isso porque a cobrança abusiva faz com que o financiado não consiga honrar com o compromisso do débito, e acabe ficando com 3 parcelas em atraso no financiamento ou mais.

Entretanto quando comprovado algum abuso ou irregularidade no contrato de financiamento, o devedor poderá ingressar com a ação revisional de financiamento.

Essa ação tem como principal objetivo a redução da cobrança dos juros abusivos.

Dessa forma, na ação poderá ser solicitada a manutenção da posse do bem em nome do devedor até que haja julgamento do processo.

Quando comprovada a abusividade de juros, poderá o juiz determinar a redução de sua cobrança a fim de reequilibrar o contrato e a relação de consumo entre as partes.

Vejamos abaixo os principais benefícios da ação revisional:

  • possibilidade de redução da dívida;
  • possibilidade de retirada do nome do devedor dos órgãos de proteção ao crédito;
  • possibilidade de autorização judicial para manutenção da posse do veículo em nome do financiado

Como ingressar com uma ação revisional

Revisional de veículo com 3 parcelas atrasadas

Ação revisional de veículo com parcelas em atraso

Em primeiro lugar deve-se identificar alguma irregularidade contratual para comprovar o abuso de juros ou cláusulas abusivas.

Dessa forma, um laudo detalhado dos abusos deve ser apresentado judicialmente com a finalidade de provar ao juiz que houve a irregularidade.

Quando o carro esta com 3 parcelas em atraso no financiamento é possível que o credor já tenha ingressado com a ação de busca.

Dessa maneira, no processo deve-se também ser solicitada a manutenção da posse do bem com a finalidade de evitar a apreensão do veículo.

Insta frisar que todos os pedidos contidos na ação revisional devem ser analisados por um juiz.

Assim, o juiz é a única pessoa capaz de autorizar ou não os pedidos processuais tanto da ação revisional como da ação de busca e apreensão.

De fato, que ter um profissional capacitado e gabaritado para conduzir a redução da dívida é primordial.

Nesse sentido o consumidor deve pesquisar o histórico e a experiência profissional da empresa contratada a fim de evitar golpes e prejuízos.

Certamente que, com uma ação revisional bem elaborada, as chances de obter êxito na redução de juros são elevadas.

A ação revisional é a única opção para quem esta com 3 parcelas em atraso no financiamento do carro?

Revisão de juros abusivos

Ação revisional de juros abusivos

Quando o devedor esta com 3 parcelas em atraso no financiamento do carro é sinal que este não terá condições de pagar a integralidade da dívida.

Com isso, uma redução de juros deve ser efetuada a fim de viabilizar a regularização do débito.

Dessa forma, a negociação extrajudicial também pode ajudar.

Quando comprovado ao banco de maneira amigável, que houve abuso, e quando feita da maneira correta, também é possível obter a redução pela mediação.

Nesse sentido, a contratação de uma empresa especialista em negociação extrajudicial é indicada.

Reis Revisional possui ampla experiência para obter redução de até 90% dos juros abusivos em contratos de financiamento.

Certificada pela norma ISO 9001 de qualidade, certamente a Reis Revisional tornará possível a regularização das pendências financeiras, com garantia de redução da dívida em contrato.

Se você esta com dificuldades no pagamento das parcelas, faça agora mesmo o Cálculo Revisional Gratuito e descubra se também esta sendo vítima dos juros abusivos.

Conclusão

3 parcelas em atraso no financiamento do veículo pode significar a perda do bem para o banco.

Quando há o atraso no pagamento das parcelas, o credor poderá retomar o bem através da ação de busca e apreensão.

Por meio dessa ação, o bem retomado deverá ser levado a leilão para que a venda do veículo proporcione a quitação do débito em aberto.

Contudo o que poucas pessoas sabem é que a maioria dos contratos bancários possuem algum tipo de cobrança abusiva.

A mais comum certamente é a cobrança de juros abusivos.

Dessa forma, os juros elevados fazem com que o proprietário do bem não consiga arcar com os débitos, causando prejuízo e desequilíbrio na relação de consumo.

Nesse caso a ação revisional ou a negociação extrajudicial da dívida é o mais indicado para o consumidor.

Com a revisão, é possível ao devedor não perder o seu bem para o banco, e ainda obter redução real da dívida com a redução dos juros abusivos.

Se você esta com 3 parcelas em atraso no financiamento do veículo ou mais, fale com a Reis Revisional.

A Reis Revisional é líder em revisão de juros no Brasil, aprovada por milhares de consumidores que já obtiveram a redução de suas dívidas.

Não perca mais tempo e fale agora mesmo com um consultor através do Cálculo Revisional Online Grátis.

Willian dos Reis
Willian dos Reis
Co-fundador da empresa Reis Revisional, consultoria especializada na luta contra a cobrança de juros abusivos no Brasil, gerando economia financeira e proporcionando o equilíbrio nas relações de consumo entre seus clientes e Bancos e Financeiras. Condecorada pela LATIN AMERICAN QUALITY INSTITUTE na categoria de Consultoria Financeira, foi premiada por sua preocupação na gestão da qualidade com certificação emitida pela LAQI, reconhecida pela ONU.

Qual sua opinião? Deixe um Comentário

avatar
 
smilegrinwinkmrgreenneutraltwistedarrowshockunamusedcooleviloopsrazzrollcryeeklolmadsadexclamationquestionideahmmbegwhewchucklesillyenvyshutmouth
  Inscreva-se  
Notificação de
WhatsApp chat