Excesso de ligação de cobrança

Ligações excessivas de cobrança

Você sabia que o excesso de ligação de cobrança é uma forma de cobrança vexatória?

Sim, e a cobrança vexatória não é permitida segundo o artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor.

Dessa maneira, existem algumas saídas para quem esta passando por esse verdadeiro tormento causado por empresas que ligam para o consumidor para cobrar dívidas.

Nesse artigo falaremos sobre o excesso de ligações de cobrança e como se livrar delas de uma vez por todas.

Você também pode gostar:

Empréstimo pessoal para negativado é uma boa opção?

Acordo Extrajudicial em dívidas bancárias

Parcelas atrasadas no financiamento de veículo, como resolver

 

Por que empresas de cobranças não param de me ligar?

Cobrança excessiva e vexatória

Excesso de ligação de cobrança

Quando o consumidor não efetua o pagamento de alguma dívida, seja ela um financiamento, empréstimo, cartão de crédito ou qualquer outro tipo prestação, ele começará a receber as ligações em excesso de empresas de cobrança.

Comumente, essas empresas que efetuam esse tipo de cobrança excessiva são contratadas pelos credores.

A finalidade do excesso de ligação de cobrança é justamente causar um tormento ao devedor a fim de que ele regularize seu débito.

Além disso, a fim de motivar seus colaboradores, essas empresas oferecem bônus e metas para obterem maior sucesso na arrecadação.

O problema é que esse tipo de cobrança não é permitida conforme artigo 42 do CDC:

Art. 42. Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.

Parágrafo único. O consumidor cobrado em quantia indevida tem direito à repetição do indébito, por valor igual ao dobro do que pagou em excesso, acrescido de correção monetária e juros legais, salvo hipótese de engano justificável.

Quem na verdade esta me ligando excessivamente?

Cobrança excessiva de dívidas

Cobrar dívidas por meio de excesso de ligações

Ao deixar de pagar em dia alguma parcela de financiamento ou um débito qualquer, o consumidor automaticamente entra em mora.

Entrar em mora significa que determinada dívida esta atrasada, ou seja, o pagamento não foi devidamente efetuado conforme acordado, normalmente, em algum contrato.

Dessa forma, o credor repassa esse débito a escritórios especializados em cobrança de dívidas.

Isso ocorre porque é muito mais barato e menos trabalhoso a esses credores repassarem a cobrança ao invés deles mesmo tentarem receber os valores devidos.

O problema é que esses escritórios possuem metas de retorno, e caso não apresentem resultados satisfatórios, perdem seus clientes.

Normalmente os atendentes de telemarketing responsáveis pela cobrança são treinados para serem agressivos.

Essas empresas acreditam que dessa forma obterão um resultado muito mais satisfatório do que uma cobrança normal.

Então elas capacitam seus colaboradores a efetuarem a cobrança agressiva, comumente feita com excesso de ligação de cobrança.

Existe punição às empresas que praticam o excesso de ligação de cobrança?

Ligações em excesso

Ligações abusivas e excessivas

Existe sim, quando a cobrança vexatória é denunciada.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor em seu artigo 71, a cobrança abusiva não pode ser praticada.

Inclusive há a previsão de crime passível de detenção de 3 meses a um ano a quem desrespeitar as regras de cobrança.

Além das ligações excessivas para cobrar a dívida, existem muitas outras maneiras de efetuar cobrança abusivamente de dívidas pendentes.

Existem situações em que as pessoas são abordadas no trabalho, seja pessoalmente ou também via ligações excessivas.

Outra forma de pressionar o consumidor é o contato desses escritórios com parentes e vizinhos, visando colocar o devedor em uma situação constrangedora.

Você já imaginou seu vizinho vir te abordar perguntando se você esta devendo dinheiro para alguém?

Realmente é uma situação completamente desagradável, e deve ser combatida.

O que devo fazer para não sofrer com esse abuso de ligações?

De fato, as empresas de cobrança possuem o direito de cobrar a dívidas, desde que o débito realmente exista e a cobrança seja efetuada nos moldes da lei.

Contudo como sabemos que não é bem assim que acontece na prática, caso o consumidor esteja sofrendo excesso de ligações, deve seguir algumas dicas:

  1. Primeiramente, ao atender a cobrança, verifique de onde falam e se o débito realmente existe;
  2. Caso identificado abuso de qualquer natureza na cobrança como ameaças , mentiras e difamação, faça a gravação das ligações. Hoje é possível baixar aplicativos de celular que fazem essa tarefa. Com a ligação em mãos caso tenha necessidade posterior, ela servirá de prova em ação judicial;
  3. Solicite à empresa de cobrança que descadastre seu número. A cobrança tem que ser efetuada diretamente ao consumidor, devendo telefones de parentes, amigos, vizinhos e até mesmo comercial serem descadastrados da central de cobrança;
  4. Alerte os órgãos de defesa do consumidor quanto ao excesso de ligação de cobrança.
  5. Se nada adiantar, contate a Reis Revisional, que se encarregará de atender as  ligações de cobrança e negociará seu débito de maneira profissional e eficaz, proporcionando comodidade e economia financeira.

Como regularizar minhas pendências financeiras para não sofrer com a cobrança vexatória?

Como acabar com excesso de ligações de cobrança

Como acabar com o excesso de ligações

O motivo da cobrança excessiva e abusiva se dá por conta de débitos pendentes de pagamento.

Portanto regularizar as dívidas é a maneira certa de colocar um basta definitivo no excesso de cobrança extravagante.

Entretanto existem abusos cometidos também nos valores que estão sendo cobrados.

Analisar a origem da dívida muitas vezes é o primeiro passo para detectar abusividades contratuais, principalmente no que tange a exagero de juros.

Além de juros abusivos cobrados na origem da dívida, há abusos com juros ocasionados pelo atraso no pagamento.

A incidência de multas e juros de mora é comum, e muitas vezes desanimam o consumidor a regularizar os seu débitos.

O excesso de ligações de cobrança deve ser combatido, mas a prática de juros exagerados também não pode ficar impune.

Dessa maneira, o consumidor poderá buscar ajuda profissional para se livrar tanto dos juros excessivos, quanto dos abusos praticados na cobrança.

Nesse sentido a consultoria Reis Revisional é a mais indicada para você.

Com profissionais altamente capacitados, a Reis Revisional é uma consultoria especializada na redução de dívidas de todas as naturezas, com qualidade e eficiência na prestação dos serviços.

Certificada pela norma ISO 9001, a Reis Revisional colocará um basta na sua dívida abusiva e também na cobrança excessiva.

Conclusão

A cobrança excessiva por meio de ligações é prática comum de assessorias de cobrança.

De fato, essas empresas possuem o direito de cobrar o devedor, entretanto a cobrança deve ser efetuada de maneira civilizada e em conformidade com a lei.

Porém na prática não é isso que acontece.

É comum o consumidor sofrer com excessos e abusos em cobranças de dívidas, sofrendo inclusive com ameaças, mentiras e difamação.

Nesses casos, essas empresas devem ser denunciadas por infração ao Código de Defesa do Consumidor.

Outro ponto de atenção é a dívida que gerou o débito objeto da cobrança.

Comumente credores costumam efetuar cobrança de encargos, taxas e juros excessivos.

Para todas essas situações, a ajuda profissional pode ser a melhor saída.

 A Reis Revisional, consultoria especializada em abusos contra o consumidor, é a alternativa para colocar um ponto final nos excessos de ligações cometidos por empresas de cobrança.

Fale com a Reis Revisional, e se livre de uma vez por todas das ligações abusivas e excessivas.

Willian dos Reis
Willian dos Reis
Co-fundador da empresa Reis Revisional, consultoria especializada na luta contra a cobrança de juros abusivos no Brasil, gerando economia financeira e proporcionando o equilíbrio nas relações de consumo entre seus clientes e Bancos e Financeiras. Condecorada pela LATIN AMERICAN QUALITY INSTITUTE na categoria de Consultoria Financeira, foi premiada por sua preocupação na gestão da qualidade com certificação emitida pela LAQI, reconhecida pela ONU.

Qual sua opinião? Deixe um Comentário

avatar
 
smilegrinwinkmrgreenneutraltwistedarrowshockunamusedcooleviloopsrazzrollcryeeklolmadsadexclamationquestionideahmmbegwhewchucklesillyenvyshutmouth
  Inscreva-se  
Notificação de
WhatsApp chat