Juros Abusivos – A realidade do brasileiro

Juros Abusivos - Reis Revisional

Restabelecer o equilíbrio financeiro entre o cliente e o banco. Uma frase simples, mas que retrata a realidade de milhares de pessoas que desconhecem os seus direitos quando o assunto é cobrança de juros abusivos.

Graças a disseminação da informação esse hábito vem se modificando e a cada dia mais pessoas despertam o interesse pela busca de exercer efetivamente os seus direitos e assim conquistar algo a mais do que o bem patrimonial ou a disponibilidade financeira, buscam a realização pela conquista de ver na prática o exercício de seus direitos básicos passando a não mais se sentirem enganadas pelas cobranças de juros abusivos e encargos que são praticados de forma deliberada pelas instituições financeiras.

Imagine a sensação de se deparar com um oficial de justiça em sua residência informando que o seu veículo será levado, pois o banco ingressou com um processo de busca e apreensão de veículo.

Essa sensação é agravada quando vem a mente que já foi desembolsada uma entrada em espécie ou até mesmo fora dado outro veículo de valor inferior no momento da aquisição daquele bem, e que mesmo sendo efetuado o pagamento de inúmeras parcelas, por um problema momentâneo como a perda do emprego por exemplo, você nada poderá fazer pois encontra-se em mora com a instituição financeira, que possui o direito de retomar o bem dado em garantia.

A sensação de impotência é ainda agravada quando você decide fazer as contas de quanto já pagou ao banco e compara com o valor daquele veículo no momento da apreensão. Você sabe que ele se desvalorizou, e que será vendido em um leilão a um preço bem inferior ao praticado pelo mercado.

A sensação de estar sendo enganado piora ao saber que ficará sem o veículo, sem os valores já pagos e ainda irá continuar com seu nome restrito pois essa venda do veículo não supriu o valor da dívida, fazendo com que ainda exista um saldo remanescente a ser pago ao banco.

Esse é o retrato do que a cobrança abusiva de juros faz, e apenas sentimos suas verdadeiras consequências quando temos um imprevisto em nossas vidas, como nesse exemplo ilustrado, o desemprego.

Em uma visão mais aprofundada, imagine que ao invés de passar longos anos pagando a parcela de seu imóvel, você rapidamente pudesse adquirir outro bem de valor significativo como um apartamento na praia ou então aquela tão sonhada viagem ao exterior que mais parece um luxo e uma realidade completamente distante da atual situação em que vivemos.

A cobrança de juros abusivos não permite que esse sonho se torne realidade para a maioria das famílias brasileiras, que normalmente financiam o bem em mais de 30 anos e comprometem suas rendas, influenciando diretamente na qualidade de vida pois ficam presas a uma dívida que muitas vezes se torna impossível de ser paga.

E para piorar a situação, quando há um atraso no pagamento das parcelas, a instituição financeira não precisa sequer ingressar com uma ação judicial para retomar o bem, pois basta uma notificação para que em aproximadamente seis meses esse imóvel possa ser leiloado.

Todas as pessoas em algum momento de suas vidas acabam passando algum tipo de aperto quando o assunto é dinheiro. É impossível prever uma situação onde teremos uma indisponibilidade da fonte de renda fixa, como a perda do emprego ou então o surgimento de doença em família onde os gastos acabam sendo muito superiores do que a entrada de capital. Hoje em dia cerca de 60 milhões de brasileiros possuem algum tipo de dívida em atraso, sendo que a soma dos valores devidos dessas pessoas ultrapassa cerca de 270 bilhões de reais.

Esse valor exorbitante se deve em boa parte a cobrança de juros abusivos. Para se ter uma ideia do estrago que a cobrança de juros abusivos pode fazer, uma pessoa que gastou cerca de R$ 400,00 a quatro anos atrás e não quitou o saldo devedor junto ao banco, hoje estará devendo cerca de R$ 4.500,00.

Esse cálculo simples demonstra uma cobrança superior a 1000% do valor inicial da dívida. A empresa Reis Revisional atua em todo o território nacional lutando para proporcionar um equilíbrio financeiro nessa relação cliente x banco, respaldada no código de defesa do consumidor (CDC) e também no Código Civil, que preveem a ilegalidade na maioria dos atos praticados pelas instituições financeiras.

No ano de 2016, essa luta contra a prática de juros abusivos proporcionou mais de 1 (um) Milhão de reais em economia a seus clientes. Em 2017 esse valor já triplicou, ilustrando que a disseminação da informação está alertando as pessoas e as conscientizando de que é possível exercer seus direitos e combater efetivamente a cobrança abusiva de juros.

Nosso modo de interação com os clientes e a transparência na atuação são os diferenciais para passar a confiança necessária aos clientes, que atravessam um momento delicado de suas vidas e precisam de profissionais sérios e dedicados, que irão esgotar todas as possibilidades para proporcionar o sucesso na transação.

Atuando com responsabilidade, temos as ferramentas necessárias para combater a prática de juros abusivos, processos de busca e apreensão de veículo, recuperação e restabelecimento de crédito entre outros. Nossos profissionais fazem uma análise personalizada e criteriosa da sua situação financeira para poder identificar práticas maliciosas efetivadas pelas instituições, sendo elaborado um cálculo prévio para previsão de economia mínima e redução da cobrança de juros abusivos.

Sua saúde financeira merece atenção especial e deve ser revisada pela melhor empresa de identificação de juros abusivos do mercado, a Reis Revisional.