Para que serve a ação revisional?

Para que serve a Ação Revisional: A melhor saída contra os juros abusivos

Iremos explicar em poucas palavras para que serve a ação revisional de cobrança de juros abusivos, e o motivo dela ser primordial para que haja sucesso na redução da dívida que esta sendo questionada. Muitos bancos preferem oferecer descontos para que haja um acordo extra-judicial, e assim o contrato seja quitado sem sofrer com possíveis multas as quais estão sujeitos na revisão do contrato.

Inúmeros motivos fazem com que os brasileiros desconfiem que estão pagando valores altos demais em seus contratos, os chamados “juros abusivos”. Isso acontece quando aquela fatura do cartão de crédito que foi paga com o valor mínimo, no mês seguinte chega com valor mais alto do que a dívida inicial, ou então quando financiamos veículos e em determinado momento percebemos que estamos pagando cerca de dois ou em alguns casos, até três vezes o valor do bem. Esses são apenas alguns exemplos de cobrança abusiva de juros. Quando percebemos que algo esta errado em nosso contrato de financiamento, devemos procurar uma ajuda profissional para que seja constatada essa abusividade.

Nós da empresa Reis Revisional, iremos lhe encaminhar para um consultor especializado que irá fazer um cálculo prévio para que seja detectada a cobrança de juros abusivos. Após esse cálculo revisional, é necessário um laudo técnico, demonstrando o valor que deveria ser o correto referente a parcela do financiamento, e também das tarifas embutidas no contrato. Solicite o contato de um de nossos consultores pelos formulários ou pelos telefones.

Para que serve a ação revisional?
Avalie este post
Evandro

Fundador da Consultoria Reis Revisional, aliado com a sua equipe já atingiu mais de 70 milhões em economia bancária para os clientes da empresa.

Condecorado pela LATIN AMERICAN QUALITY INSTITUTE como Empresário do Ano 2018 na categoria de Consultoria Financeira. Conquistou a Medalha de Honra Cruz de Malta, certificado em “Marketing & Branding – Manager Leader”, Master in Total Quality Administrations, Global Quality Certification, Brazil Quality Certification, emitidos pela LAQI, reconhecida pela ONU.

Condecorado pela ANCEC (Agência Nacional de Cultura, Empreendedorismo e Comunicação) com o “Prêmio Referencia Nacional – Consultoria Financeira em Juros Abusivos 2018”, selo de “Referência Nacional & Qualidade Empresarial – Consultoria Financeira em Juros Abusivos”, “Troféu Responsabilidade Cultural 2018”.

Evandro dos Reis
Evandro dos Reis
Fundador da Consultoria Reis Revisional, aliado com a sua equipe já atingiu mais de 70 milhões em economia bancária para os clientes da empresa. Condecorado pela LATIN AMERICAN QUALITY INSTITUTE como Empresário do Ano 2018 na categoria de Consultoria Financeira. Conquistou a Medalha de Honra Cruz de Malta, certificado em “Marketing & Branding – Manager Leader”, Master in Total Quality Administrations, Global Quality Certification, Brazil Quality Certification, emitidos pela LAQI, reconhecida pela ONU. Condecorado pela ANCEC (Agência Nacional de Cultura, Empreendedorismo e Comunicação) com o “Prêmio Referencia Nacional – Consultoria Financeira em Juros Abusivos 2018”, selo de “Referência Nacional & Qualidade Empresarial – Consultoria Financeira em Juros Abusivos”, “Troféu Responsabilidade Cultural 2018”.

2 Comentários

  1. ALINE COSTA disse:

    Boa tarde Doutor.
    Estive com alguns valores pendentes no banco e em um momento de necessidade precisei fazer acordo. Constatei que o valor proposto era muito superior ao que eu realmente contratei (foram 5 contratos distintos, eles uniram todos). Solicitei os valores principais, pois eu já não possuia documentos para comparar, e o banco me negou, dizendo que naquela data aquele valor era o devido. Paguei a ultima prestação abusiva no ultimo mês de abril, porém sei que fui lesada e preciso ter meu dano reparado. Já solicitei ao banco, via documento, todos os contratos firmados com os valores principais e data de contratação, o que mais uma vez me foi negado. O senhor saberia me informar qual ação podemos dar entrada? E como não tenho o documento principal, somente o dos acordos, como eu poderia demonstrar ao senhor o que realmente eu contratei como principal na época? Estou sem saber mesmo o que fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.