Imóvel na Planta é um Bom Negócio?

Imóvel na Planta é um bom Negócio?

Vantagens e desvantagens para compra de um imóvel na planta

Comprar um imóvel na planta torna-se cada vez mais vantajoso para o consumidor que procura preços mais acessíveis para realização do sonho da casa própria. Por ainda estar em fase de planejamento e construção, o imóvel acaba sendo um investimento a curto prazo, pois normalmente a valorização pode chegar em mais de 100% do seu valor após o término da obra. Outra vantagem é saber que ao final, estará em um imóvel novinho, não sendo preciso se preocupar com reformas e vícios existentes em imóveis usados.

Mas como em qualquer outro negócio, existem armadilhas as quais o consumidor deve ficar atento. É comum entregarem imóveis com tamanho diferente do estipulado em contrato, ou com acabamentos inferiores aos combinados. Outro problema é ocorrerem atrasos, principalmente na entrega da obra, algumas vezes ocasionadas por problemas que fogem as previsões das incorporadoras como desastres ambientais, outras vezes por falta de comprometimento e responsabilidade daqueles que estão no comando do empreendimento.

Quando o imóvel na planta é entregue diferente do previsto, o consumidor precisa reclamar e exigir os seus direitos. O código de defesa do consumidor prevê uma garantia de 90 dias após a entrega para defeitos de fácil constatação. Se o defeito for oculto e de difícil percepção, esse prazo de 90 dias começa a valer a partir do momento em que o defeito se torna evidente. Quando há acidentes que ocorreram por vícios do imóvel os quais comprometeram a segurança do consumidor, o prazo para solicitar indenização na justiça é de cinco anos. Enfim, todos os imprevistos devem ser relatados e revistos, e se constatado que a construtora é a responsável, o consumidor tem direito ao ressarcimento e aos devidos reparos.

Outro problema muito comum encontrado na compra de imóvel na planta, é que o consumidor paga diretamente a construtora durante o andamento da obra, mas para que haja a entrega das chaves, o restante do saldo devedor deve ser financiado junto a algum banco, e muitas pessoas não conseguem a aprovação do financiamento. Nesse momento a solução é solicitar o distrato imóvel, e receber de 85 a 90% dos valores que pagou de volta. Caso a construtora ou incorporadora se negar a devolver o dinheiro, ou oferecer apenas uma parte dele, o consumidor deve procurar seus direitos na justiça, que é amplamente favorável ao consumidor.

Em qualquer dessas situações, a Reis Revisional é especializada em identificar as práticas abusivas.

Imóvel na Planta é um Bom Negócio?
Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento Online