Atraso na Entrega do Imóvel – Como devo agir nessa situação?

Atraso na Entrega do Imóvel - Como devo agir nesta situação?

O tão esperado dia para entrega do imóvel adquirido com tanto sacrifício chega, porém a notícia que não iremos poder nos mudar por conta do atraso na construção faz com que o sonho comece a se tornar um pesadelo. A fábrica de móveis nos liga querendo instalar os armários planejados, a loja de eletrodomésticos não consegue entregar a geladeira e o fogão, a fábrica de estofados precisa entregar o sofá. E agora? O que devo fazer?

Nesse cenário acabamos tendo que arcar com multas e prejuízos que não esperávamos que acontecessem. Em alguns casos consumidores precisam alugar uma casa para que não fiquem sem um teto para dormir. Investidores que compram imóveis para alugar e assim obter mais uma fonte de renda vêem o prejuízo acontecer a cada mês de atraso. Todos esses prejuízos devem ser ressarcidos judicialmente ao consumidor, inclusive com indenização por danos morais pelos transtornos causados pela construtora.

Os valores para multa em caso de atraso na entrega do imóvel no Estado de São Paulo variam de 0,5 a 1% por mês de atraso sobre o valor de mercado do imóvel, dependendo do juiz ou desembargador que julgar o caso. Essa é a chamada “Indenização por lucros cessantes”. Além disso, todos os prejuízos comprovados pelo motivo do atraso, devem também ser ressarcidos ao consumidor. O prazo médio para julgamento desse tipo de Ação é de 10 a 18 meses, bastando o consumidor comprovar os prejuízos, e procurar uma empresa séria e respeitada no mercado para ingressar com essa ação.

Atraso na Entrega do Imóvel – Como devo agir nessa situação?
Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento Online